quarta-feira, 25 de junho de 2014

SOBRE A ENTREVISTA DE CAIO FÁBIO NO THE NOITE



Como leitor do Caio Fábio desde o ano de 2003, e como ouvinte, muito antes, por influência do meu irmão mais velho, não posso deixar de expressar minha opinião, sobretudo em vistas de tanta gente confusa por causa do conteúdo de sua entrevista ontem no Talk Show The Noite no SBT. 

Caio Fábio fez afirmações teológicas que contradizem a tradição cristã ortodoxa. Ele afirma que o Antigo Testamento caducou por completo assim como grande parte do Novo Testamento. Para os leigos em assuntos teológicos, é importante saber que essa ideia defendida por Caio Fábio não tem mais do que 350 anos. Essa concepção ganha mais impetuosidade com o advento do Liberalismo Teológico. A Teologia Liberal é considerada heresia segundo a ortodoxia cristã (que no sentido lato da palavra é a " crença correta", ou seja, a crença advogada pela Cristandade começando pelos Pais Apostólicos e Pais da Igreja). CAIO FÁBIO, fez tal afirmação, mas não comprovou e muito menos embasou nada. Para quem não conhece a fundo a História da Teologia Cristã e a própria Bíblia, o argumento de Caio Fábio torna-se atraente, verossímil e palatável. No século II da era cristã, surgiu um homem chamado Marcião, que a exemplo de Caio Fábio, alegava que o Antigo Testamento e grande parte do Novo Testamento, havia caducado. Marcião foi considerado um herege pelos primeiros cristãos. Sendo assim, afirmo: entre Origines, Jerônimo, Agostinho, Tertuliano... e Caio Fabio, fico com os primeiros (devido as suas maiores contribuições a história da fé cristã e a fidedignidade de seus ensinos a apostolicidade). Caio Fabio é um homem extremamente inteligente; isto é fato!Muitos aceitam as afirmações de Caio Fábio como verdadeiras, pelo simples fato do mesmo ser brilhantemente inteligente. Mas a sua inteligência não exclui a existência de outras inteligencias. Conheço teólogos (para não dizer homens de outras áreas do conhecimento), muito mais perspicazes e instruídos que o reverendo Caio, e que discordam totalmente de seus ensinos. Não há uma supremacia de inteligência entre os seres humanos, e ainda que houvesse, este não seria o padrão de verossimilhança de qualquer ensino que se julgue verdadeiro. Vejo alguns idolatrando o pastor Caio Fábio. Esses, como cristãos, desacreditam do que sempre foi ensinado pela Cristandade. Caio Fabio é homem como nós. Ele erra. Viaja. Faz teologizações errôneas. Ele não deve ser o padrão de referência de ninguém, assim como nenhum outro homem deve sê-lo, afora o senhor Jesus Cristo (o Deus-homem). Os ensinos supostamente "a-morais" de Caio Fabio, tornam-se morais, pois moral no seu sentido lato é "costumes da maioria". Essa "nova moral" tem levado multidões de jovens à força de sua persuasão, a pratica do pecado e desobediência. Cuidado! O nosso padrão de referência em assuntos de fé e prática cristãs não pode ser Agostinho, Lutero, Calvino, Karl Bath, Bonhoeffer, Cullmann, Pannenberg ou Caio Fábio. Antes é Jesus e a sua Palavra, a saber, a Bíblia Sagrada. Enfim, respeito o homem. Não julgo o seu caráter. Dos que estão longe, Caio Fábio foi grande influência de cristão para mim, assim como para muitos. Mas não podemos nos dobrar a qualquer ensino e/ou afirmação, vindos dele ou de quem quer que seja, que relativize as Sagradas Escrituras. É isto. Siga o Cristo crucificado!
Seu Blog · Design por Alves Alvin · Todos os direitos reservados - Copyright © 2014 · Tecnologia do Blogger